Maria Teresa Horta

Por Tânia Costa

Para Geanne

Custou-me suprimir partes da poesia. Como a mesma era extremamente longa, pensei que postando na íntegra as pessoas não leriam.

Um tempo atrás postei um texto intitulado “o homem é o lobo do homem” (30/01/10). Duas pessoas chegaram a comentar pessoalmente que gostaram do texto, mas que era excessivamente longo e para blog o que funcionava eram textos mais curtos.

Na verdade eu postei duas poesias de Maria Teresa Horta que foram as seguintes: Modo de amar e Desperta-me de noite, todavia, as duas ficaram muito coladas uma na outra parecendo uma só.

Quanto à outra poesia trata-se de “púbis rosado”, igualmente de uma poetisa portuguesa. Eu não encontrei o texto impresso, mas encontra-se disponível para audição. Vale a pena conferir a poesia é linda! Inclusive no mesmo endereço eletrônico você encontra “Modo de Amar” também para audição e impressa nos seguintes endereços eletrônicos:

aqui

“É uma história que envolve o amor lésbico que hoje vamos ouvir, de autoria de Isabel Mendes Ferreira”.

aqui

ao topo