Me va levar a tostada (vou me danar)

Para civone frida natalense

Frida Querida, despedaçada, na cama … Na casa Azul.
Enferma. A dor plangente. Os membros despedaçados.
As facadas cirúrgicas.
As bonecas.
O amor pela artecorpo.
O corpo a serviço d´art.
Amputaram minha perna / deceparam meu corpo / me deixaram maluca/
secaram meu sexo.
A paixão pela fotografia. Fotobiografia . Rivera o homem
riverum. Riviver. Forever.
Minha Amada

A Blanche DuBois de um Bonde Chamado Desejo.
Uma das minhas divas dos século passados.
te amo

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem
  1. Civone Medeiros 1 de dezembro de 2011 23:01

    ♥… Surpresa(s) do(s) Devir(es)… Desejares…

    Querido “da Mata” d’Alma do Mundo…
    Grata D+ pela “Leitura com Luz / Foto – Grafares” dEuZinha-inha-inha… Tão Khalo, tão Alzira Soriano, tão Pagú, tão Nísia, tão Tarsila, tão Lilith, tão Zila, tão Anita, a Malfati, tão Palmira Wanderley, tão Estamira, tão Violeta Porra, tão Janis, tão Luz dEl Fuego, tão Clarice, Cecília, Hilda… Tão tantas…

    Amado, m’amour… Tout amour pour nous… Pour Toi!

    T’AMO!

    ^C!V

  2. Anchieta Rolim 10 de novembro de 2011 12:22

    Maaassa!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo