Meu melhor poema…

Por Oreny Júnior

O meu melhor poema está indo para os braços de santana, está indo, sorrindo, louvando a Deus, neto de santana. Dos seus olhinhos, escorrem as últimas lágrimas da caatinga, do chão árido, de uma barra da espingarda. Nesse dia, não posso deixar passar em branco, o cheiro, o doce, a vontade de viver de dona zefa, minha mãe. Feliz dia da poesia mamãe. Do seu filho, com muito orgulho, por ter tido uma mãe assim, zefa, paulino, ananias, araújos. Que assim seja, amem…

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

ao topo