#MeuAmigoSecreto sou eu

A campanha #MeuAmigoSecreto, que está estremecendo o Facebook e o Twitter nestes dias, escancara com inaudita contundência que nenhum homem, sem qualquer exceção, tem a menor legitimidade para apontar machismo alheio. Os amigos secretos da gente têm nossos rostos, nossos nomes e nossos sobrenomes: qualquer tentativa de disfarça-lo ou relativiza-lo é hipocrisia, falsa consciência ou descarada má-fé.

Ser machista não quer dizer apenas não espancar, assassinar ou estuprar mulheres, homo e transsexuais: machismo é um sistema de práticas (discursivas, jurídicas, econômicas, políticas, educacionais, etc.) e de relações cotidianas que subjuga, inferioriza, humilha corpos e mentes, moldando os corpos e as mentes subjugados para que aceitem ser inferiorizados.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ dava em cima de outras meninas mas não deixava a namorada ter amigos homens porque dizia que eles só queriam ‘comer’ ela”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ trocou praticamente todas as funcionárias mulheres de seu estabelecimento alimentar porque segundo a lei as mulheres têm direito a folga dominical quinzenal, o que resulta a mais folgas do que os homens. Só contrata homens agora, alegando dificuldade na organização da agenda”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ me chamou de puta na frente da minha mãe porque, para ele, ter boas relações com os ex-namorados é coisa de gente que não sabe respeitar os relacionamentos atuais e mulher que não respeita os seus relacionamentos, é puta”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ é o cara mais macho alfa do rolé. Acha lindo duas mulheres se beijando, mas homem? Credo, que nojo, tinha que apanhar pra ver se criava vergonha na cara. Ah, óbvio que o casal de mulheres não envolve negras nem gordas, viu? Pelo amor de deus, ele tem nojo disso também! Além disso, todas as exs são loooooucas por ele. No caso, literalmente. Tudo louca, maluca que não sai do pé dele e ele não sabe o que fazer, pois não aguenta relacionamentos sérios sem uma boa traição para coroá-lo”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ luta à esquerda e adora conversar sobre questão de gênero. Mas nunca está preocupado em ouvir e sempre silencia as questões das mulheres presentes. Afinal, ele já teve o seu machismo desconstruído previamente e uma questão muito mais urgente o aflige, algo como ‘O Dia Em Que Fui Rejeitado Num Espaço Feminista Só Porque Sou Homem’. É muito conflituoso para o meu amigo conceber um espaço de discussão política que ele não deva protagonizar. Em tom professoral, ele nos orienta sobre como é ‘burro’ e ‘pouco estratégico’ que não incluamos o opressor na luta contra a opressão. Provavelmente, meu amigo secreto acredita que a remoção de privilégios virá por consenso. O caso é que em toda roda de diálogo sobre feminismo em que meu amigo entra, eu pisco o olho, bebo uma aguinha e quando volto… a conversa é sobre ele”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ milita pelos direitos humanos, mas está pouco se lixando pra integridade emocional das mulheres com quem se relaciona. Sua única falta de caráter é não ser capaz de estar com apenas uma, afirma. Ele é um manipulador daqueles! Identificando as fraquezas das mulheres e as explorando”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ passa uma imagem de pessoa zen e humanista, enquanto dentro de casa faz tortura psicológica de várias esferas e ainda tem o apoio da mãe para mentir e brincar de ser pai enquanto a responsabilidade e a ‘culpa’ é sempre do outro. Ele ainda acha que toda mulher que procura a justiça por pensão para seu filho é uma aproveitadora enquanto ele segue sem trabalhar e ajudar em nada enquanto a aproveitadora que ele tanto diz é quem banca as contas e o dia a dia do seu filho”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ é tão crítico que está imune às construções sociais e, se aponta sempre as pessoas gordas como feias e faz piadas publicamente a respeito, é questão de gosto pessoal mesmo. Ah, mas tudo bem, né? Logo em seguida ele cita uma ou duas pessoas negras que acha bonitas pra dizer que não é racista”.

‪#MeuAmigoSecreto‬ chega em casa do trabalho e cobra a janta na mesa, roupa lavada e passada sem se importar com o cansaço da sua companheira que também ralou o dia todo para sustentar o lar”.

#‎MeuAmigoSecreto‬ diz que rever privilégios é um processo muito difícil… Então meu amigo discute política apenas com homens. Então meu amigo beija as amigas bêbadas, quase desacordadas. Então meu amigo mantém relacionamentos que só são abertos para ele”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ não discute comigo os temas dos seus estudos porque, para ele, eu não tenho capacidade de entender assuntos tão complexos como os que ele pesquisa. Em contrapartida, esse mesmo amigo, fica com raiva de mim quando eu não procuro saber a opinião dele sobre um trabalho que eu esteja fazendo. Quem, senão ele, para me dar orientações acadêmicas?”.

‪#‎MeuAmigoSecreto‬ e os outros homens de sua família acham-se super de esquerda, justos e antenados, mas quando a mãe dele conta seus avanços e conquistas no trabalho – e olha que depois de chegar em casa cansada e ainda fazer um belo jantar para todos – eles costumam rir meio irônicos, numa atitude desmerecedora. E sequer percebem”.

Esses são apenas alguns dos milhares de posts que chacoalham o Facebook nestes dias, e citei somente os de pessoas que estão entre os meus contatos: milhões de mulheres e de LGBTs, pelo Brasil afora, aderiram à campanha. Não é difícil para qualquer homem cis e heterossexual, que se considere ou não anti-machista, reconhecer-se em algumas dessas atitudes e, ao mesmo tempo, é – ao menos para quem não aceita esse regime de determinações do qual sabe que participa – tão desgarrador quanto uma lâmina rasgando-nos as entranhas.

O machismo está entranhando nas dobras mais sutis de nosso pensamento, nossos hábitos, nossas percepções, nossos modos de ser e de viver. Nós, homens, somos todos machistas: essa é a crua, dura, brutal realidade. Admiti-la é o minimo necessário para uma possível – e para nada garantida! – transformação. Sim: meu amigo secreto sou eu.

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP