Mia Couto

Alguém precisa me indicar um livro pauleira de Mia Couto. O que estou lendo,Venenos de Deus, Remédios do Diabo parece uma cocada de leite. Na metade já estou enjoado.

Jornalista e escritor. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 6 comentários para esta postagem
  1. Fernando Monteiro 16 de setembro de 2011 13:02

    Nem “Terra sonâmbula” vá ler — eu recomendo, Carlão –, volta pra “Moby Dick” nem que seja pela centésima nonagésima vez, qualquer coisa vale pra fugir do lobby dos “grandes escritores do origem africana” que apregoaram por aí (pra vender livros e fazer teses). A gente vai checar, e mesmo a literatura atual brasileira — que não está boa — dá de vinte a zero neles, sem patriotada (que não sou parente — mas desafeto — de Suassuna)…
    Mia? É. Pode ser. Ele mia, mesmo, como escritor da terra sonâmbula de que Tácito gostou quando leu aos 15 anos, em 1945.

  2. carlos de souza 16 de setembro de 2011 10:40

    beleza, meus irmãos, vou ler terra sonâmbula.

  3. Jairo Lima 16 de setembro de 2011 5:05

    Pare de ler, Carlão, pare de ler. Mia Couto começou legal, me empolgou, pra depois consagrar-se ao óbvio, no plano das idéias, e ao repeteco, no plano do estilo. Quem leu um Mia Couto leu todos, cumpade, nem perca seu tempo.

  4. Juliano Guimarães 15 de setembro de 2011 18:40

    Tem mais nome que monumento literário. Fenômeno vinculado às relações atuais do Brasil/África. Na UFRN é a moda do momento, com muitos trabalhos apresentados a partir de textos insípidos, advindos de um homem vaidoso. Basta ver quem incentiva esses trabalhos……

  5. João da Mata 15 de setembro de 2011 16:21

    Carlão,

    Recomendo o Terra Sonambula. Gostei muito. Os outros livros não me atrairam tanto. Mia entrou na onda da produção em série que me desagrada.

  6. Tácito Costa 15 de setembro de 2011 16:18

    O melhor dele que li foi Terra Sonâmbula. Ultimamente passei a achar suas obras repetitivas, perdi o interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo