Milton Nascimento (“…E a gente sonhando”)

Milton continua me emocionando…

No CD “…E a Gente Sonhando”, o artista mineiro estabelece uma conexão meio que nostálgica com cerca de 25 jovens cantores e músicos de Três Pontas, cidade mineira onde Milton passou boa parte de sua vida. E é esse disco que ando escutando no carro pelas ruas de Natal; mas, também no trabalho, em casa…

…principalmente a canção “O Sol”, composição de Antônio Júlio Nastácia. Tem essas passagens belíssimas:

Ei, dor!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei, medo!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada…
E se quiser saber
Pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol
É pra lá que eu vou…

A voz de Milton, apesar das transformações físicas visíveis do cantor, continua a mesma: rara e bela!

Procurem a música na internet. Vão gostar, acho eu.

Vale repetir:

E se quiser saber
Pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol
É pra lá que eu vou…

Advogado público e escritor/poeta. Membro da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 6 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 3 =

ao topo