Morre Arthur Penn, o cineasta que injetou realidade no cinema americano

Cineasta, diretor de televisão e teatro, Arthur Penn (1922-2010) teve um papel fundamental na história do cinema americano. No intervalo entre a decadência do fechado sistema de estúdios e o surgimento da geração que transformou definitivamente os modos de produção, a forma e o conteúdo dos filmes, Penn foi ousado o bastante para afrontar – dentro do mainstream – o Código Hays e colocar na tela uma boa dose de realidade crua para o público.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =

ao topo