Morre Deífilo Gurgel

Foto: Alex Régis

TC

Acabei de falar por telefone com o poeta Carlos Gurgel que confirmou a morte do pai, o poeta, pesquisador e folclorista Deífilo Gurgel, que estava internado há dias enfrentando sérios problemas de saúde. O velório será realizado na Academia Norte-rio-grandense de Letras e o enterro no Morada da Paz (Carlos ainda não sabia informar o horário).

Mais informações: aqui

Comentários

Há 12 comentários para esta postagem
  1. Denise 3 de fevereiro de 2012 7:54

    Estou sem palavras. É uma dor insuportável para a família, creio. Esta situação de estado irreversível e grave e de uma sobrevida apenas em virtude dos aparelhos é algo que o nobre profº Deífilo Gurgel não merecia. Orarei pelo descanso do mestre e pelo conforto da família.

  2. Jarbas Martins 3 de fevereiro de 2012 6:14

    HAI-CAI: Preferia ouvir Michel/ cantar no Beco da Vida/ do que tua festa no céu !

  3. Jarbas Martins 2 de fevereiro de 2012 5:29

    # Morrer é fake !

  4. Claudio Alves 1 de fevereiro de 2012 22:49

    Deifílo está com o coração batendo no HOSPITAL PAPI.
    Quanta irresponsabilidade da imprensa meu Deus.

  5. Claudio Alves 1 de fevereiro de 2012 22:47

    Mataram Deifilo antes do tempo, quem fez isso eu não sei, eu sei é que noticiaram a morte dele antes mesmo dele morrer realmente, pois como todos sabem pela lei brasileira só é declarado morto com a morte cerebral e o laudo do médico. Inacreditável este erro.

  6. Civone Medeiros 1 de fevereiro de 2012 20:49

    #LUTO! Uma triste controvérsia! Falência Múltipla dos Órgãos num eterno Poeta de 84 anos, com um internamento longo, é infelizmente agravado pelo sofrimento de toda família e amigos que se vêem numa situação impar entre vida e morte: um impasse histórico; quando a família vem à público anunciar o encantamento do Poeta e a imprensa notoriamente irresponsável busca de todas as formas, atropelando as informações e comunicados da própria família, especular (fuçar) diretamente com o hospital e o médico responsável sobre o delicado quadro de saúde do Ilustre Poeta…

    O quadro de saúde de Deífilo Gurgel, segundo comunicado de seu irmão, Professor Tarcísio Gurgel e demais familiares é irreversível, embora ainda esteja ligado aos aparelhos.

    O que esperar de jornalistas como estes? A comoção pública, o sofrimento da família, os pronunciamentos de pesar, as contradições nas comunicações só infelicita ainda mais este momento: sobretudo, é muito o que se lamentar. É um grande pesar, sobretudo.

    ^C!V

    »
    http://www.naredecomcivone.blogspot.com | http://www.escriturasangradas.blogspot.com | http://www.twitter.com/civonemedeiros

  7. Anchella Monte 1 de fevereiro de 2012 20:21

    Mil perdões à família. Soube, agora, que Deífilo está neste mesmo espaço/tempo terrestre que nós. Qual informação é verdadeira?! Espero que esta última, permitindo-nos a presença do poeta e do amigo.

  8. Carmen Vasconcelos 1 de fevereiro de 2012 20:02

    Tive poucos contatos com Deífilo, mais por telefone, até. Mas gostava dele. Tinha gentileza e atenção. Não sei se posso opinar sobre uma pessoa que conhecia tão pouco, mas ele sempre me pareceu um ser humano de uma nobreza evidente. Marcou a nossa cultura. Lamentável partida.

  9. chico m guedes 1 de fevereiro de 2012 19:59

    mando um abraço pra Gurgel e Fernando, o dois bons frutos do velho que conheço

  10. Danclads Lins de Andrade 1 de fevereiro de 2012 18:56

    Um dia muito triste para a cultura do RN. Mas, concordo com Anchella, Deífilo não morreu: tudo que ele fez o faz presente.

  11. Marcos Silva 1 de fevereiro de 2012 18:43

    Gosto muito de Deífilo. Seus livros continuam.

  12. Anchella Monte 1 de fevereiro de 2012 17:05

    Deífilo não morreu. Acredito (veementemente) que as almas partem para novas vivências. E Deífilo, cá na Terra, deixou sua bela poesia e importantes pesquisas, além das marcas de sua pessoa gentil e íntegra, que permanecem vivas. Nossos sentimentos à família, a separação é muito difícil, muito. Mas as estrelas permanecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo