Morre enfermeira da foto da Times Square

LOS ANGELES (EFE) – A enfermeira da famosa fotografia de Alfred Eisenstaedt na qual é beijada por um marinheiro na celebração do fim da Segunda Guerra Mundial em Nova York morreu em Los Angeles aos 91 anos, informou nesta quarta, 23, o jornal “Los Angeles Times”.

A imagem, transformada em ícone da história dos Estados Unidos, foi captada em 14 de agosto de 1945 na Times Square, em Nova York e ganhou notoriedade após a publicação na revista “Life”.

Três décadas depois daquela dia, Edith Shain escreveu a Eisenstaedt para informá-lo que ela era a mulher misteriosa de sua fotografia.

A identidade do marinheiro ainda hoje continua desconhecida. Em sua carta, Shain comentou com o fotógrafo que nos últimos momentos antes do fim do conflito estava trabalhando no Doctor’s Hospital in New York City.

Desde a revelação, a enfermeira passou a ser convidada para inúmeros eventos relacionados a homenagens às Forças Armadas e aos soldados mortos em combate.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 6 =

ao topo