Morre J. D. Salinger

Morre o escritor J.D. Salinger, autor de O Apanhador no Campo de Centeio, em New Hampshire. Tinha 91 anos.

O filho do escritor, em um comunicado divulgado pelo representante literário de Salinger, disse que ele morreu de causas naturais. Há décadas vivia isolado, por sua própria vontade, em sua casa em Cornish. Era avesso a jornalistas, mantendo-se distante das entrevistas e fotos, como aqui no Brasil fazem os escritores brasileiros Rubem Fonseca e Dalton Trevisan.

Salinger foi o autor de um dos maiores clássicos da literatura mundial, com seu personagem principal, o adolescente e rebelde atormentado Holden Caulfield. Foi lançado em 1951, em plena Guerra Fria. O assassino de John Lennon, Mark David Chapman, carregava o livro no bolso no momento em que atirou contra o ex-Beatle, em Nova York.

Salinger escrevia para adultos, mas jovens de todo o mundo se identificaram com os temas da alienação, inocência e fantasia de seu romance.

O seu livro mais conhecido, “O Apanhador no Campo de Centeio”, foi lançado em 1951. O personagem principal do livro, o adolescente Holden Caufield, se tornou símbolo da geração de jovens do pós-guerra. A obra foi um sucesso mundial, e vendeu mais de 60 milhões de cópias em todo o globo.

ao topo