Morre maestro Radegundis Feitosa

Um acidente de trânsito hoje de manhã provocou a morte do maestro paraibano Radegundis Feitosa, chefe do Departamento de Música da UFPB e um dos maiores trombonistas do mundo. Abaixo, algumas informações quen colhi na net:

Radegundis ia a sua cidade natal, Itaporanga, apresentar-se numa festa tradicional quando o carro capotou. Morreram no acidente outros três músicos: Roberto Ângelo (também do Sexteto), Benedito Honório e Ademilton França.

Radegundis Feitosa tinha 44 anos e possuía os títulos de Doutor em Trombone Performance pela The Catholic University of America, de Washington D.C. (1991) e Mestre pela The Juilliard School de New York (1987).

Foi vencedor de concursos nacionais importantes como o “Sulamerica-Jovens Concertistas Brasileiros” e “Jovens Intérpretes da Música Brasileira” – Funarte, e internacionais como o Est & West Artists para debut no Carnegie Recital Hall, em New York.

Apresentou-se como solista, camerista e instrumentista de orquestra em centros musicais importantes do Brasil, Estados Unidos e Europa. Desenvolveu uma atividade didática intensa, tanto no Departamento de Música da UFPB, como nos vários festivais de música do Brasil. Foi o trombone principal da Orquestra Sinfônica da Paraíba de 1983 a 1987 e da Orquestra Sinfônica da Bahia em 1982.

Lançou, em 2001, ao lado da Camerata Brasílica, “Concerto Brasileiro” , álbum dedicado exclusivamente ao instrumento no qual foi virtuose, o trombone.

Conheci Radegundis rapidamente numa festa na casa do baixista Xisto Medeiros. Tinha papo agradável e me pareceu boa pessoa. Perda grande para a música brasileira.

Jornalista, com passagem por várias redações de Natal. Atualmente trabalha na UFPB, como editor de publicações. Também é pesquisador de HQs e participa da editora Marca de Fantasia, especializada em livros sobre o tema. Publicou os livros “Moacy Cirne: Paixão e Sedução nos Quadrinhos” (Sebo Vermelho) e “Moacy Cirne: O gênio criativo dos quadrinhos” (Marsupial – reedição revista e ampliada), além de várias antologias de artigos científicos e contos literários. É pai de Helena e Ulisses. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 18 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 15 =

ao topo