Morre o poeta Dailor Varela

É com grande tristeza que registro a morte de Dailor, notícia que recebi de Teresa Maciel, retransmitindo informação dada por Dinorah, irmã dele.
A vida de todos nós acaba. É doloroso assistir ao fim de uma pessoa querida.
Postarei, em seguida, entrevista que Dailor me deu há algum tempo e não foi ainda publicada.

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Jóis Alberto 16 de abril de 2012 0:00

    Mais uma perda grande e muito triste para a cultura, o jornalismo e a poesia. Meus pêsames para os familiares de Dailor Varela, extensivo aos amigos mais próximos dele, que acompanharam, desde os anos 60, a bela trajetória profissional de Dailor como jornalista dos mais talentosos, e poeta inovador, em Natal, São Paulo e outras cidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo