Musical “Beco da Alma” – Seleção de intérpretes

A nossa querida Cláudia Magalhães é quem lembra:

A seleção dos oito intérpretes e elenco de apoio para o musical “Beco da Alma” ocorrerá entre os dias 18 e 22 de outubro de 2010, no auditório “Almirante I”, do Hotel Rifoles (R. Coronel Inácio Vale, 8847 – Praia de Ponta Negra – tel: (3646-5000). As inscrições ocorrerão entre os dias 15 de setembro e 08 de outubro de 2010, no Centro Experimental de Pesquisa Teatral (Av. Hermes da Fonseca, em frente ao quartel do 16º RI, no Tirol).

No ato da inscrição, os candidatos deverão apresentar (só serão consideradas inscrições completas):

a) Currículo artístico, com, no máximo, uma página, formato A4;

b) Fotografia recente, no formato 10cm. X 15 cm;

c) Ficha de inscrição, devidamente preenchida (as fichas estarão disponíveis na secretaria do Centro Experimental).

No ato da inscrição, os candidatos receberão:

a) Resumo do espetáculo, contendo sinopse e caracterização breve das personagens;

b) Partitura e letra da canção “A alma do beco” (fragmento);

c) Cd de áudio, contendo a música de confronto “A alma do beco”, em 4 versões:

1: versão em fá maior (mais aguda), com a voz sintetizada (sem letra);

2: versão em fá maior (mais aguda), com playback (sem voz), para ensaio individual do

candidato;

3: versão em dó maior (mais grave), com a voz sintetizada (sem letra);

4: versão em dó maior (mais grave), com playback (sem voz), para ensaio individual do

candidato.

d) Comprovante de inscrição.

A prova de seleção constará de três etapas, feitas individualmente perante uma banca composta por 4 (quatro) membros de reconhecida competência nas áreas de Teatro e Música.

1. Canção de confronto (“A alma do beco”), cantada sobre playback, com texto inserido. Versão à escolha do candidato;

2. Canção de livre escolha do candidato (preferencialmente de um musical consagrado,

preferencialmente brasileiro), cantada a cappela (sem acompanhamento);

3. Entrevista, a critério da banca.

As provas serão feitas segundo cronograma a ser divulgado a partir de 12/10/2010, no Centro Experimental.

A banca pode interromper a apresentação do candidato quando estiver satisfeita. As decisões da banca são irrevogáveis.

Os ensaios começarão em outubro, no período da tarde. Só serão selecionados candidatos com tempo disponível para ensaios.

Natal, 09 de setembro de 2010.

A equipe de criação do musical “Beco da Alma”

Musical “Beco da Alma” – FICHA DE INSCRIÇÃO

Nome completo:

Nome artístico:

Data de nascimento: Local nasc:

Estado civil: Sexo: _ masc. _ fem.

Endereço:

Escolaridade: _ 1º grau _ 2º grau _ superior _ pós-graduação

Profissão:

Local de trabalho:

Freqüentou aulas de teatro? _ sim _ não Se sim, onde?

Freqüentou aulas de dança? _ sim _ não Se sim, onde?

Freqüentou aulas de música?_ sim _ não Se sim, onde?

Onde tomou conhecimento dos testes para “Beco da Alma”?

_ internet (blog, orkut, facebook, e-mail, etc.) _ amigos _ jornais _ televisão/rádio _ _______________

Observações:

Declaro estar de acordo com todas as normas do teste de seleção do musical “Beco da Alma”

Data: Assinatura:

_

COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO

Candidato:

Atendente:

O cronograma das provas será divulgado a partir do dia 12/10/2010 no Centro Experimental de Pesquisa Teatral.

As provas serão realizadas no Hotel Rifoles, Auditório Almirante I, R. Coronel Inácio Vale, 8847 – Praia de Ponta Negra – tel: 3646-5000, ou em outro local a ser divulgado com antecedência.

Data:

Nº de Inscrição (NÃO PREENCHER)

Musical “Beco da Alma” – Sinopse do texto e breve caracterização das personagens

A história se passa no Beco da Lama, ponto de encontro de boêmios, poetas, artistas e personagens “malditas” do centro histórico de Natal. O local existe de fato e a famosa meladinha do Nazi continua presente, em meio aos vários bares, que anualmente disputam o prêmio de melhor prato do Festival Gastronômico do Beco da Lama, promovido pela SAMBA – Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências.

Na história, o bar de Patrícia é o palco da tragédia apresentada por Cláudia Magalhães no livro “Esquina do mundo – a hora do cão lobo”, publicado em 2009. As personagens vivem seus conflitos pessoais, seus problemas e suas alegrias, em meio a muita bebida e confusão.

Uma dívida de Zé com Carlão, uma intriga de Ceição e uma inoportuna troca de roupas entre Zé e Rato são os ingredientes necessários para a construção do clímax, em que Rato, a personagem principal, morre pelas mãos de seu amigo, Carlão. A despeito do clima causado pela tragédia, a mensagem que fica é de amizade e companheirismo.

Rato

É o “poeta do beco”. Sempre com o copo na mão, sonha com Esperança, sua paixão. É ingênuo, mas inteligente. Seu maior amigo é Zé.

Esperança

Deveria estar no hospício, mas vive no beco. Em meio à sua loucura e às várias meladinhas, encontra tempo pra se divertir e se apaixonar. Vive num mundo só dela.

Patrícia

É a proprietária do bar no beco. Por isso, sempre estressada, questionando tudo e todos.

Teobaldo

O arauto dessa história é Teobaldo. Ele às vezes se distancia da ação para comentar ou narrar a história. Sempre bem humorado, é espirituoso e calmo, mas sempre está em conflito com sua paixão, Patrícia.

Apaixonado por Ceição, não é bem correspondido e vive sofrendo. Sempre de Chapéu, deve muito, mas é um ótimo companheiro de mesa de bar.

Gardênia

Ricardo virou Gardênia e trabalha como atendente no bar de Patrícia. Irmã de Zé, Gardênia é a personalidade mais amiga do beco, sempre disposta a ajudar e a aconselhar quem precisa. É a personagem mais centrada da história. Sabe sofrer com dignidade.

Ceição

É a vilã da história. Sem escrúpulo nenhum, seu negócio é se dar bem, mesmo à custa do sofrimento dos outros. É oportunista e seu caráter deixa a desejar em todos os aspectos.

Carlão

De tanto sofrer na vida, virou malandro. Carlão é quem tem a vida melhor no beco. Geralmente é bem amigo, mas quando alguém se mete com ele, ele perde o controle e fica violento.

Canção “A alma do beco” (fragmento)

A canção “A alma do beco” é o tema de abertura do espetáculo. Na montagem, todas as personagens tomam parte da canção, cada um com sua partitura. Para o teste de seleção, contudo, cada candidato executará a linha musical toda, conforme a partitura entregue na inscrição. O texto central deve ser interpretado estritamente durante o tempo do interlúdio instrumental.

Eu tenho alma de_artista nessa mistura de céu e inferno_eu encontrei a esquina do mundo.

Aqui ele ri, ele chora, toma cana com limão pra jogar conversa fora, pra curar solidão.

Eu sou na vida_um poeta nunca cansei de sonhar, vivendo_ao mesmo tempo_ alegria_e tristeza.

Aqui ele encontra_os amigos pra curtir mesa de bar, pra ficar de bem com_a vida, vendo_a vida passar.

É! A cidade dos becos, é! São os becos da alma, é!

Nossas almas, lama, mesas, bares, copos, bancos,

traumas, medos, choros, culpas, sonhos.

Onde tudo_e todos se misturam.

E_é nesse beco da alma que_a gente vai se_encontrar, na hora do cão lobo, quando_o sol beija_a lua…

[falado, durante o interlúdio]

Se o candidato for HOMEM:

Hoje eu vou comemorar

O meu amigo que vai chegar

O nome dele é Carlão

Eu considero como irmão

Tanto ele como o Zé

Vocês sabem como é

Crescemos juntos os três

Faz mais de um ano, talvez

Que ele por aqui não aparece

E nessa noite de lua me apetece

Tomar um trago pra comemorar!

Se o candidato for MULHER:

Meu ex-marido só pensa no meu dinheiro

Aquele filho do cão!

Todo mês eu recebo pensão

Do meu pai que era militar

E todo dia de pagamento

Meu ex-marido vem me procurar

Nesse mês marquei com ele

Um encontro às três da tarde

E fui às dez da manhã. Covarde!

Eu posso até ser doida

Mas não sou burra, não!

[cantando]

Aqui só se tem companheiro, todo mundo_é como_irmão,

seja rico_ou sem dinheiro, tenha juízo ou não…

É! A cidade dos becos, é! São os becos da alma, é!

Nossas almas, lama, mesas, bares, copos, bancos,

traumas, medos, choros, culpas, sonhos.

Onde tudo_e todos se misturam.

E_é nesse beco da alma

que_a gente vai se_encontrar, na hora do cão lobo, quando_o sol beija_a lua…

(…)

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Rosinaldo Luna 25 de setembro de 2010 3:21

    Faz algum tempo que espero os testes para o musical o beco da alma. Acho que é uma oportunidade para os artistas, novos e nem tão novos, podrem participar de uma montagem com tão importantes vultos da nossa cultura local. João Macelino na sua capacidade em trabalhar uma beleza impar e Danilo Guanais na sua censibilidade de deus. O texto da Claudia, apesar de não conhecê-lo, ainda, deve ser muito bom pra chamar a atenção de mentes tão brilhantes como as dos dois diretores. Acredito no sucesso e quero participar dessse movimento.
    Rosinaldo Luna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo