Na crista da onda

Por Gabriela Borges e Kelly Cristina Spinelli

“Não se pode encaixar o trabalho desses artistas no esquema de arte do pós-guerra como se ele fosse uma variação de movimentos centrados na Europa e na América do Norte”, disse o crítico britânico Guy Brett sobre o movimento neoconcretista brasileiro.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo