Nada, mas rútilo

Por Alcir Pécora

O fluxo voraz dos sentimentos em dois contos centrais da obra de Hilda Hilst.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo