Censura nunca mais!

Eu não tenho predileções por partidos políticos, e muito menos por políticos.  Pelo menos por esses que aí estão… São uns corruptos desumanos,  uns sem caráter  (com raríssimas  exceções). Se iludem, os que pensam  que  vivemos em uma democracia. A  tortura psicológica, que segundo um amigo meu, que foi torturado pelos militares e perdeu a esposa em uma sala de tortura, disse o seguinte: Rolim, apesar da dor, a tortura física é menos dolorosa que a psicológica.

Essa semana, eu  fiz uma postagem no Facebook, criticando  nossos políticos,  nosso sistema político, os bajuladores (que são ratos das piores espécies)  e por fim, a corrupção (um câncer generalizado).  Para minha surpresa,  recebi uma notificação do face,  dizendo que minha postagem tinha sido denunciada e que ” violava padrões da comunidade do facebook”.

Enfim, a postagem foi retirada do ar.  Pessoal,  isso é CENSURA!  Coisa dos tempos da ditadura militar. Até agora, estou sem entender o porque dessa atitude facebookiana? Já os denunciantes, esses devem ser uns usurpadores  do erário público, uns pobres coitados, uns  pau mandados…  Ou seja:  uns covardes, uns parasitas.

Segue o comunicado sobre minha postagem ” Sua foto foi denunciada por violar os Padrões da Comunidade do Facebook sobre imagens de violência, que inclui sinais de danos a alguém ou a algo, ameaçadas à segurança pública ou roubo e vandalismo. Ela será removida se concluirmos que viola esse padrão.”

Ps.: A imagem que postei, era de  jovens felizes que comemoravam uma vitoria da seleção brasileira.

Sou artista visual, fiz várias exposições individuais e coletivas, já participei de salões, palestras, seminários, whorshop, projetos culturais, oficinas de arte, intervenções urbana e etc... Escrevi um livro de poemas "Agonia" que é mais pessoal que poético e gosto do portugues escrito de forma simples onde pessoas com menos formação acadêmica tenham condição de ler e entender. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo