Não deixe o samba morrer

Segue um ‘Rei-lear-se’ que recebi inda agora, mas não sei como faz pra postar na famigerada AGENDA do SP.

***

Festa comemora sambistas que já partiram desta pra melhor.

Nesta quarta, 02 de Novembro, a partir das 13 h no Bardallo’s, no centro da cidade.

(A)Finados do Samba

Não deixe o samba morrer.

Se você morre de amores pelo samba a data é irresistível. Vamos celebrar os bambas que permanecem vivinhos da silva na memória e no coração da Música Popular Brasileira. Nesta quarta-feira, 2 de novembro, o Bardallo´s abre as portas em pleno feriado de Finados para homenagear quem foi oló em carne e osso. Os grupos Arquivo Vivo e Nós do Beco se encarregam das honras.

O furdunço batizado carinhosamente pela assistência de Samba dos (A) FINADOS começa a partir das 13h com Lula e Ricardo mandando no pedaço. Cerveja gelada é serventia da casa. O Badallo´s fica na rua Gonçalves Lêdo, na Cidade Alta, adjacência do tradicional e boêmio Beco da Lama. O evento é uma produção da Folha Seca e tem o apoio dos sindicatos dos Bancários, Sindsaúde, Sinsenat-RN e Sinai-RN.

No repertório desse samba do crioulo ‘morto’ só vale relembrar a turma que já cantou para subir e por aqui deixou saudade. Salve Cartola, Candeia e Nelson Cavaquinho. Salve Roberto Ribeiro, Carlos Cachaça e Sinhô. Salve Paulo da Portela, Noel Rosa e Silas de Oliveira. Salve Luiz Carlos da Vila, Ismael Silva e Donga. Salve Clara Nunes, Elis Regina e João Nogueira. Salve o samba, salve a santa, salve ela. Salves os bambas que baixaram aqui na Terra.

Jornalista, com passagem por várias redações de Natal. Atualmente trabalha na UFPB, como editor de publicações. Também é pesquisador de HQs e participa da editora Marca de Fantasia, especializada em livros sobre o tema. Publicou os livros “Moacy Cirne: Paixão e Sedução nos Quadrinhos” (Sebo Vermelho) e “Moacy Cirne: O gênio criativo dos quadrinhos” (Marsupial – reedição revista e ampliada), além de várias antologias de artigos científicos e contos literários. É pai de Helena e Ulisses. [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo