Não foi um julgamento. Tchau Brasil

Por João da Mata Costa

A pergunta de Dostoiévski ainda ressoa: Somos ratos ou homens?

O que aconteceu no Domingo 17/04/2016 não foi um julgamento de um processo equivocado aceito por quem tinha interesses outros.
O que aconteceu num Domingo chuvoso histórico foi um linchamento de um governo que passa por dificuldades, mas foi eleito.
O que aconteceu ontem foi vingança, chantagem, etc
O que aconteceu ontem foi a produção de sofismas num processo desvirtuado.
O que aconteceu ontem não foi o julgamento de uma denúncia, e sim, um julgamento politico.

As matrizes da colonização Brasileira

Elas estavam presentes no Domingo ( 17/ 04/ 2016) , em falas, gestos e votos.
Os donos das terras, aqueles que desmataram o Brasil, querem mais e optaram por votar contra a presidente.
Os religiosos que dizimaram os índios estavam la em nome de Deus votando pelo impedimento da Presidente.
Os coronéis em nome dos filhos, netos, pais e mulheres estavam lá votando contra a presidente legitimamente eleita.

O sorriso diabólico de Cunha.

Só no Brasil, um réu e ladrão conhecido, pode presidir o julgamento num processo de Impeachment de uma presidente eleita democraticamente com mais de 54 milhões de votos.
Só por vingança um bandido acusado de evasão de divisa, corrupção e lavagem de dinheiro não é preso.
Triste Brasil você não merecia esse espetáculo dantesco.
Esse locutor que vos fala (Cunha) foi chamado de ladrão por meia centena de deputados que mesmo assim optaram pelo impedimento da presidente

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP