Não se pode ser infeliz

“Não se pode ser infeliz, não se pode morrer em vida, não se pode desistir de amar, de criar. Não se pode: é pecado, é proibido – verbotten, não é assim em alemão? Não é possível adiar a vida. Há um mês recortei uma frase, não sei de quem, do jornal, e colei em frente à minha escrivaninha: ‘Se o homem não vem ao encontro do destino, será soterrado por ele”. Et voilà!”
(Caio Fernando Abreu, em carta a Gerd Hilger, 3 de fevereiro de 1994)

Go to TOP