Natal em Natal pode receber exposição de figura exponencial da arte contemporânea

O prefeito Cadu Alves aproveitou a viagem ao Rio de Janeiro não só para adiantar as negociações para compor o “elenco” do Festival Literário de Natal (Flin). Ele também foi com o diretor da Sala Natal, Franklin Jorge, fazer um convite ao artista plástico Rossini Perez para fazer uma exposição em Natal no final do ano. Rossini é macaibense e reside no Rio há décadas.

Nascido em Macaíba, Rossini Perez é gravador e pintor com importantes obras em museus nacionais e internacionais. Ele é considerado pela crítica uma figura exponencial das artes contemporâneas, tendo sido enviado pelo Itamaraty e missões culturais pelo mundo. A proposta é conseguir trazer o acervo dele exposto no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro.

Massa. O contemporâneo, ao meu ver – e me perdoem os mais conservadores ou defensores do nosso rico folclore – deve ser priorizado. Mas a cultura popular, as manifestações folclóricas, também merecem ou deveriam merecer espaço no Natal em Natal. Sinto falta disso. Seria incorporar um pedaço do Agosto da Alegria. E com baixo custo, principalmente se comparado aos gordos editais para cinema e teatro, por exemplo.

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 11 =

ao topo