Negra Fantasia

Por Nando José

Ela esconde seu olhar, Quando se debruça sobre mim, A me espreitar no escuro dos teus olhos, Piscam sempre no esforço de me vigiar, No calor de sua máscara, gôtas de suor rolam do teu rosto, Em forma de lágrimas com sabor agridoce, No momento em que decidi partir, A minha máscara se rasgou naquela chuva que caiu na madrugada, E quando eu acordei sem você a me observar,não sei explicar.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo