Nesta quarta você pode assistir concerto de graça com solistas europeus no Teatro Riachuelo

Com patrocínio do Morada da Paz, Cosern e Unimed, o projeto Quartas Clássicas de maio traz dois solistas europeus e um maestro brasileiro como convidados para o concerto da próxima quarta-feira (25), marcado para as 20h, no Teatro Riachuelo em Natal. Os búlgaros Ivo Stankov (violinista) e Lachezar Stankov (pianista) atuarão como solistas junto à Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN), que neste concerto será regida pelo maestro brasileiro Miguel Campos Neto.

No repertório, estão grandes peças como o prelúdio da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg” de Richard Wagner, “Concerto para violino e piano em Ré menor” de Felix Mendelssohn e “Symphony No. 4” de Robert Schumann.

O primeiro lote de ingressos gratuitos disponibilizado no site da OSRN – www.orquestrasinfonicadorn.com.br – já foi esgotado. O segundo estará disponível ao público na bilheteria do Teatro Riachuelo, a partir das 12h no dia do concerto. Cada CPF apresentado na bilheteria dá direito a um par de ingressos.

Dentre as novidades para a temporada 2016 do Quartas Clássicas, está a campanha de arrecadação de livros que será contínua ao longo de todas as apresentações do ano. A ação visa ajudar a Fundação José Augusto (FJA), que está ampliando o acervo das bibliotecas nas Casas de Cultura do Estado, e receberá as doações de livros literários. Quem reservou ingresso pelo site e vai retirar na FJA pode doar um exemplar que irá compor esse novo acervo literário. É uma ação opcional e voluntária, mas muito importante para a ampliação do acervo das bibliotecas das Casas de Cultura do RN.

O projeto Quartas Clássicas conta com patrocínio do Cemitério e Crematório Morada da Paz, da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), por meio da Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado, e da Unimed Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão da Prefeitura Municipal de Natal, além de apoio do Teatro Riachuelo. A realização do projeto é da Fundação José Augusto.

Sobre os convidados
Miguel Campos Neto – Regente Titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, em 2014 Campos Neto foi destacado como um dos melhores regentes de ópera no cenário nacional pelo crítico Leonardo Marques. A crítica especializada também o considera um maestro que “dá ritmo teatral e fluência ao espetáculo e sabe recriar a linguagem musical específica dos personagens principais” (João Luiz Sampaio, Estadão, SP) e que demonstra “sua segurança e autoridade musical empenhando-se totalmente à frente da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz” (Marco Antonio Seta, Ópera e Ballet).

Ivo Stankov – Ele se tornou um dos principais artistas da Bulgária e mais versáteis da sua geração. Descrito pela imprensa como “um notável virtuoso”, Ivo Stankov cativou o público no Reino Unido e na Europa com seu estilo “dominante” e apresentações “espirituosas”. Ivo fica igualmente à vontade como solista, recitalista, camerista e educador. Como solista, já se apresentou com a English Chamber Orchestra e com algumas das mais consagradas orquestras da Bulgária como a Sofia Soloists, Sofia Sinfonietta, Varna, Burgas and Pazardjik Philharmonic. Ele já se apresentou na maioria das salas de concerto do Reino Unido, como a Royal Albert Hall, Glasgow Concert Hall, Cadogan Hall, e a Bridgewater Hall. Ivo é o maestro da Westminster Philharmonic Orchestra e está, além disso, conduzindo regularmente uma série de conjuntos em Londres. Ele também foi maestro convidado da Sofia Symphony Orchestra, Independent Opera at Sadler’s Wells, e os London Schubert Players. Ivo toca com um violino Gagliano 1787 cedido gentilmente pela Independent Opera at Sadler’s Wells.

Lachezar Stankov – Nasceu em Varna (Bulgária) e começou a aprender piano aos nove anos de idade. Ele mostrou um rápido progresso e um ano mais tarde foi aceito para o Dobri Hristov College of Music and Arts, onde completou seu ensino médio com currículo de especialista em música. Lachezar é vencedor de muitos prêmios e reconhecimentos nacionais e internacionais. Ele venceu o Second Prize in the National Competition Dimitar Nenov in Bulgaria (1999), oThird Prize in the International Competition Pro Arte in Bucharest, Romênia (2000), o Grand Prix of the Competition for Czech and Slovak Music in Prague (2003) e também o Presto National Scholarship Award (2002). Em 2009, Lachezar foi finalista do Concert Competition in the Royal College of Music. Em dezembro de 2013, Lachezar obteve com a Distinction o Mestrado em Música diplomado em Piano Performance no Trinity Laban Conservatoire of Music. Além de sua carreira de músico Lachezar também mantém o cargo de professor em JASSPA, Cumnor House, University College School, e Whitgift School.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =

ao topo