Neto de Trotsky relembra assassinato de avô no México há 75 anos

Neto de Trotsky (Reuters)

Há 75 anos, o intelectual e revolucionário bolchevique León Trotsky, expulso do Partido Comunista Soviético e forçado ao exílio, foi começar vida nova no México. Perseguido pelos assassinos de Josef Stálin, no entanto, Trotsky foi morto na Cidade do México.

aqui

Comments

There is 1 comment for this article
  1. Jarbas Martins 31 de Agosto de 2012 5:48

    Tá certo, Anchieta Rolim, você e suas rimas em ar. Quem disse que é fácil rimar chorar com lamentar, escutar, lamentar e imaginar ? Imagina, como dizem os paulistas. Errado tava era Mário de Andrade que chegou a censurar a rima, sob a alegação de que nossa língua brasileira, era rica de sonoridades. E podia ser dispensada. Mas Manuel Bandeira, Anchieta Rolim, Jarbas Martins, O Poeta Capim, nunca pensaram assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP