No ateliê de Balthus Paris

Por Francisco Brennand

Em 1952, em meados de novembro, passei alguns dias em Paris, quando fui levado pelas espirituosas mãos de Marianne Peretti…

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

ao topo