NO CANTO DA GRAÚNA

Oreny Júnior

nos campos do cerrado
os pássaros negros
ceiam junto do meu amor
são os campos do senhor
de passagem os cantos
voam nos braços do meu amor
açoita minha grauna
busca longe a melodia do meu amor
nos campos do cerrado
todos os dias
elas louvam um sonoro
bom dia!!!!!!!!!
é um açoite do meu velho pai
ai ai ai!!!!!!
quanta saudade do meu velho ranzinza pai
sua benção meu querido
meu velho
meu amigo

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 13 =

ao topo