Nunca conheceremos Juan Rulfo, mas continuaremos tentando

EL PAÍS BRASIL
No 60° aniversário de ‘Pedro Páramo’, um conjunto de ensaios busca novos ângulos sobre um livro tão sucinto quanto inesgotável.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo