O aguardado retorno de Luiz Gê

futebol“Afastado dos quadrinhos Luiz Gê realmente nunca esteve. É verdade que, nos últimos 20 anos, ele publicou pouco, para angústia de seus fãs, leitores desde os tempos da revista “Circo” ou do fanzine “Balão”. Mesmo com HQs esporádicas como “Borba Gata” (feita há dois anos como intervenção artística no corpo de uma manequim e publicada na revista “O mundo de Playboy”) e “O caçador de crocodilos” (produzida há nove como parte da ópera “O homem dos crocodilos”, de Arrigo Barnabé e Alberto Muñoz), Gê tem se dedicado, ultimamente, à carreira de professor da Faculdade de Comunicações e Artes da Universidade Mackenzie, em São Paulo.”

aqui

ao topo