O amigo louco varrido de Gauguin

Por Pedro Corrêa do Lago

Na carta, escrita em janeiro de 1889, o pintor pede desculpas a seu correspondente (talvez um colecionador ou crítico que Gauguin não parece conhecer mais que superficialmente) por sua mudança de planos: “Eu pretendia ficar um ano no sul (da França) para trabalhar ao lado de um amigo também pintor. Infelizmente este amigo tornou-se subitamente louco varrido e por isso tive de sofrer durante um mês todo tipo de temor de um acidente mortal ou trágico”.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo