O autismo cultural no RN

“Enquanto os chamados ‘artistas da terra’ – como os gestores públicos adoram nos chamar – degladiam-se para conseguir um lugarzinho ao sol nos disputados elencos destes espetáculos (a troco de medíocres cachês), a grande parte do dinheiro investido é voltada para a infra-estrutura – banheiros químicos, folders luxuosos, etc – e para bancar a vinda dos milionários shows musicais que procedem às apresentações”. FERNANDO YAMAMOTO

Leia o texto completo AQUI.

Go to TOP