“O chorinho me toma”, de Adélia Danielli

o chorinho me toma

e logo estou dançando
em um celebrar à vida
nas ruas das cidades
que mais amo

sendo feliz
amando
estar viva
de rosa vermelha
os cabelos
adornam a melodia
a boca de sorrir e
querer beijos
em rubra sintonia
todo corpo
coordenado
em poesia.

Poeta e promotora cultural [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo