O cinema como manifestação de resistência

Em visita ao Rio, o crítico e historiador Antoine de Baecque se debruça sobre o passado para jogar luzes sobre o presente e o futuro da arte cinematográfica.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo