O enterro de Zapata

“Sob forte vigilância policial, mais de cem pessoas acompanharam nesta quinta-feira o enterro do preso político cubano Orlando Zapata Tamayo, que morreu na terça-feira após 85 dias de greve de fome. Adiado para esta amanhã após uma onda de prisões de opositores do governo Castro na quarta-feira, o funeral aconteceu em Banes, sua cidade natal, a 700 quilômetros de Havana. Segundo a mãe de Zapata, Reina Tamayo, policiais à paisana se instalaram nas entradas da cidade, nos arredores do cemitério e perto de sua casa, que foi vigiada por agentes durante toda a noite”.

aqui

ao topo