O fim da arte

obra 2Paul Cézanne – Les grandes baigneuses

“Não por coincidência, nos mesmos anos 80 em que o neoliberalismo triunfou na economia do Ocidente, estabeleceu-se que a História da Arte tinha acabado, isto é, que a arte não podia ser mais entendida como um encadeamento linear, e que dali em diante o que valia era a recombinação infinita – ou pós-moderna – de elementos do passado.” Luciano Trigo

aqui

Go to TOP