O Irã e a imprensa

Caro Marcos,

Ccolocar a culpa na imprensa no caso do Irã é absurdamente equivocado. É sempre uma saída errada. Será por acaso que foi a imprensa que colocou o povo na rua, no Irã?. A imprensa não cria fatos, ela divulga fatos. Será que vão colocar a culpa na imprensa pelos desmandos de Sarney e do senado? A imprensa não é nem o quarto, nem quinto, nem sexto poder. A imprensa é necessária e ponto. Olhe como um grupo de políticos no Brasil com medo das eleições já ameaça restringir o uso da Internet. Por trás de tudo isso, é o desejo de censura e repressão. Quando Pinochet fechou tudo no Chile a culpa foi da imprensa? E volto a dizer: será que a imprensa é culpada pelos desmandos de Sarney? Se há uma culpa na imprensa é não ter dito mais sobre ele e antes de Sarney assumir a presidência do Senado. Como é possível que alguém que tenha sido presidente da Republica queira ser presidente do senado e não se vasculhe a vida pública dele? Está ai agora o desfecho. Estou torcendo que o senador Artur Virgilio instale a CPI no senado, para investigar o senado. Os senadores precisam ser investigados, inclusive Artur Virgilio. Fazer o mesmo o que a Câmara fez com a CPI dos anões que cassaram todos eles. Lembra-se? É preciso sanear isso caro Marcos. E a imprensa não é culpada por isso. A imprensa não é culpada por repressão. No Irá que é o atraso do atraso do atraso, imagine ainda ser possível uma Teocracia? Isso é Idade Antiga e Idade Média, e o próprio Marx percebeu o atraso nisso. Sinceramente, como dizem os americanos é melhor um país sem governo a ter um governo sem imprensa.

Go to TOP