O livro da psiquiatria: “Normalidade” encolhe cada vez mais

Por Heloisa Villela, de Washington

Difícil passar batido por um artigo como o que vai abaixo. Seria possível pensar: “Falta de sorte dos norte-americanos e da maneira como eles diagnosticam e tratam as doenças mentais”.  Porém, não é assim.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 2 =

ao topo