O poeta da visão avessa

Glauco Mattoso conta como se tornou recordista mundial de sonetos e ganhador de um Jabuti.

aqui

Comentários

Há 2 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + um =

ao topo