O preço justo da cultura

Por Gadys Ferraz Magalhães

O preço justo de um livro, na opinião da população brasileira, seria, em média, de R$ 20, conforme aponta a segunda edição da pesquisa “Perfil do Consumo de Cultura do Brasileiro”, realizada pela Fecomércio-RJ em parceria com a Ipsos Public Affairs.

O valor é o mesmo atribuído o ano passado e o mais alto entre os produtos culturais apresentados pelo levantamento, como é possível verificar na tabela a seguir:

Livro – R$ 20
Show de música – R$ 16
Peça e espetáculo teatral – R$ 15
Espetáculo de dança – R$ 14
DVD – R$ 13
Exposição de arte – R$ 12
Cinema – R$ 9
Cd – R$ 9

Ainda de acordo com o estudo da Fecomércio-RJ, no geral, os valores atribuídos pelas mulheres são mais altos do que os atribuídos pelos homens. Enquanto eles acham justo pagar R$ 20 por um livro ou R$ 13 para ir a um espetáculo de dança, por exemplo, elas aceitariam pagar R$ 21 e R$ 15 pelos mesmos produtos, respectivamente.

Por idade, os valores mais altos foram atribuídos, em média, pelas pessoas entre 35 e 44 anos e os mais baixos por aqueles que têm 60 anos ou mais. Para se ter uma ideia, para o primeiro grupo, um livro deveria custar R$ 25; um CD, R$ 11; e um DVD, R$ 14. Já para os mais velhos os preços destes produtos deveriam ser os seguintes: livros (R$ 17), CD (R$ 9) e DVD (R$ 14).

Acredito que música, literatura e esporte são ansiolíticos dos mais eficazes; que está na ralé, nos esquisitos e incompletos a faceta mais interessante da humanidade. [ Ver todos os artigos ]

Comments

Be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP