O professor petista

Por Manoel Julião Neto

Graças a Deus, hoje está tudo bem, todos estão satisfeitos, ninguém reclama de nada, temos um novo Presidente da República, e o que é melhor, é do PT. Tanto que trabalhamos para isso acontecer, de todos os Brasileiros os que mais se esforçaram para eleger o nosso Presidente foi os professores, por isso fomos os mais beneficiados, de todas as profissões os mais bem remunerados são os professores. Agora vai tudo ótimo. O Brasil agora é um País democrático, as divisões de rendas são iguais para todos. Eu desde que leciono, essa é a melhor fase da minha vida, o nosso Presidente está cumprindo direitinho tudo que prometeu na campanha, está seguindo os mesmos passos do Japão.

Eu e minha esposa trabalhamos na Educação, e nossa remuneração dar para vivermos tranquilos e dar para sustentar toda a minha família que são seis pessoas. Tenho casa própria, carro novo, todos os anos o troco por um zerinho. Meus filhos já viajaram para Disneylândia, quando saio de férias viajo com a patroa, só nós dois fazendo mais uma lua de mel.

Meus filhos tem estudo pago pelo Governo Federal até a Universidade, isso tudo de boa qualidade, não existe mais Escolas particulares e Faculdades particulares explorando a população, o nosso Governo acabou com o cartel. Os hospitais da assistência a todos sem discriminação, quando alguém está doente e não pode tem condições de ir até o hospital, o SUS envia um médico juntamente com uma ambulância até a casa do paciente, o sistema de saúde do nosso país é 10, ninguém pode reclamar do governo, os repórteres de televisão não tem mais o que fazer nos hospitais, não existe mais nada errado no nosso sistema de saúde, tão pensando o que? Somos um país de primeiro mundo. Só para dar um exemplo, nossas rodovias são invejadas pelo resto do mundo, não existe um buraquinho sequer no asfalto, os guardas rodoviários são honestíssimos, não aceitam propina de jeito nenhum, também são bem remunerados não precisam ser subornados.

Não falta trabalho, todos brasileiros vivem rindo a toa, isso aqui é um paraíso, não temos criança nas ruas esmolando, não existem mais casas de apoio ao menor infrator, estão todas fechadas. As escolas estão cheias de alunos, tem merenda escolar a bamburro, e de boa qualidade para todos, sem discriminação. O analfabetismo acabou, é zero no Brasil. O povo não passa mais fome, o programa do Governo Fome Zero acabou com essa ferida que existia no Brasil. A pobreza, já era, todos são de classe média. Corrupção isso é coisa do passado, nossos políticos é dá inveja a qualquer país. Podemos andar livremente nas avenidas e praias sem receio, podemos usar relógios, correntes de ouro no pescoço, pulseiras e celular, que não somos incomodados por ladrão, não existem mais isso nas ruas do nosso querido país, a nossa segurança é tinindo. Os presídios estão ás moscas, não existe delinquência. Acabaram os sequestros, assaltos a bancos, casas lotéricas e correios, já era não existe mais no nosso Brasil Varonil. Também não precisam todos ganham o salário mínimo é de 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), é o maior da América do Sul, os países nossos vizinhos morrem de inveja do Brasil. A nossa floresta Amazonas está protegida, lá não entra mais madeireiros, tem policiais federais lá por todos os recantos. O Governo Federal acabou com as ONGs estrangeiras na Amazonas, quem quiser implantar uma ONG estrangeira ter que ser no Nordeste, mas parece que ninguém quer. Não temos nada pirateado, as nossas fronteiras estão protegidas, principalmente no Paraguai, aqui não entra mais contrabando. Essa onda de crise econômica, é coisa de país subdesenvolvido como os Estados Unidos, Alemanha e Canadá, se essa crise que está assombrando o mundo, quando chegar até nós, é uma marolinha de nada, perguntem ao nosso Presidente se ele não está se lixando para ela. O nosso país é onde pagamos menos impostos, os nossos juros são os mais baixos para todas as classes, não existe descriminação, nossa carga tributaria e condizente com a população do Brasil.

Eu mesmo falo por mim, nos governos anteriores, eu vivia num maior perrengue, dando aulas em quatro colégios para ganhar uma mixaria, dinheiro no meu bolso não parava, assim que recebia era só para entregar a quem eu devia, lá em casa se fazia uma economia de lascar, era só lingüiça, mortadela e frango, hoje é diferente eu no final de semana tomo minha cervejinha com picanha Argentina. O professor hoje em dia no Brasil tem o mesmo cartaz que tem os do Japão, somos considerados e respeitados por todos. Se o Dentista, o Advogado, os Contadores, passam quatro anos na faculdade, o professor também, quem ensinou a esses formados desde a alfabetização? O professor, então temos que ser considerados, se a maioria da população estão formados, se presidente está formado graças ao professor, por isso que nosso cartaz e imenso, incomensurável.

Eu mesmo estou me preparando para ir assistir a copa do mundo no Rio de Janeiro. O Ano passado fui ao Japão ver o meu ABC F.C. ser campeão do mundo em cima do Barcelona, também assisti Barrichello ser tri campeão do mundo de Formula 1, o que eu quero mais, todo esse turismo que faço, é com o meu salário de professor. Nunca mais ninguém viu professores fazendo greve por melhores salários, não tem precisão para eles irem com carros de som atravancar as ruas. O que eu quero mais? Todos os meus sonhos como professor foram realizados. Sou feliz trabalho pouco e ganho muito igual a um Deputado Federal.

Rapidamente ecoa um grito estridente, daqueles de doer nos ouvidos:

— Brasiliano Patriota, levanta, são 6:00 horas da manhã, o bujão de gás secou, a COSERN cortou a energia, vá lá em seu Joaquim comprar um bujão gás fiado, pede dinheiro a ele emprestado para religar a luz, traga pão e margarina para as crianças tomarem café.

— Alzira eu corrigi prova até de madrugada, deixe eu dormi mais um pouco. Agora que estava tendo um sonho tão bom, quando você mete o grito pra cima de mim.

— Não senhor levanta, corre, as crianças já estão prontas para ir para escola. Corre vai á bodega de seu Joaquim fazer o que eu mandei.

— A conta está muito grande lá em seu Joaquim, já tem duas paginas do caderno cheias, e o mês passado eu só dei a metade, o homem já está trombudo comigo.

— Eu não quero saber disso, dê seu jeito, vá pedir a Lula você num é tão apaixonado por ele. Te viraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

Comentários

There is 1 comment for this article
  1. Anchieta Rolim 12 de setembro de 2013 9:57

    Gostei da tiração de onda. O pior é que se correr o bicho pega e se ficar… Não vejo saída.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo