O que não esqueci…

Atualidades do V Fórum Social Mundial (V FSM)
26 a 31/01/2005 – Porto Alegre – RS
Um Outro Mundo é possível

Da Palestra de Frei Betto

– A maior arma de destruição de mundo é a fome
– O capitalismo fracassou – mais de 4 bilhões de pessoas vivem abaixo da linha de pobreza. Uma criança morre a cada 3 segundos.
– O MST é café pequeno em relação às ocupações das elites
– Governo é que nem feijão só funciona na panela de pressão.
– Lula chegou ao governo, mas não tem o poder.
– a primeira perna é o parlamento, a segunda são os movimentos sociais.

Quixote hoje: utopia e política
Auditório Araújo Viana

Mesa: Roberto Sávio (mediador), José Saramago (Premio Nobel de Literatura), Eduardo Galeano (Escritor), Ignácio Ramonet (Ativista e diretor do Jornal Francês Le Monde Diplomatique), Frederico Mayor Zaragoza

Principais Propostas – Consenso de Porto Alegre
Cinco medidas concretas para mudar o mundo (Ramonet)

-Extinção dos paraísos fiscais
– cancelamento da dívida externa dos países pobres
– universalização da água potável
– criação de impostos sobre as grandes fortunas
– criação de uma taxa planetária de solidariedade contra a fome e a miséria.

Saramago:

– a esquerda precisa rever conceitos , que estão “ perdidos e confusos”
– utopia é uma palavra inútil. Não acredito em utopia.
– a democracia que vivemos é seqüestrada, condicionada e inadequada
(democracia hoje é tirar um governo de que não se goste e colocar outro que talvez se venha gostar).
– a política é a arte de não falar a verdade.
– Lula não devia ter reagido às vaias de um grupo de oposição. “se ele não faz o que não pode, não é mal. Mal seria de fizesse algo que não deveria”

Outras citações dos panelistas:

“ a utopia poética leva a utopia socialista” Leon Felipe

“ a grande arte mesmo quando fala de utopias é importante” Stendhal

“ Dou um passo e a utopia se afasta um passo. Dou vinte passos e ela se afasta vinte passos. Dou muitos passos e nunca a encontro. Para que serve então a utopia? Ela serve para caminhar”. Galeano, citando o colega Fernando

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP