O que são as editoras?

Amigos:

O texto de Ronaldo Correia de Brito é muito bom. Quero acrescentar que a maior parte das editoras não consegue ser mais que um porta-voz dos bancos, sem peso intelectual nenhum. O referido editor (que não sei quem é) fala de livros e críticas como se comentasse automóveis e geladeiras: nada a discutir em termos de pensamento. Daí, o desespero para editar livros de celebridades (cantores, atrizes, participantes de programas de TV): vendem mais. É a lógica da mercadoria. O pensamento tem outros caminhos.

Abraços:

Go to TOP