”O Rio não tem lugar para a bossa nova”

Carlos Lyra não olha para trás, mas olha para os lados. Ao lançar CD novo, vê que sua cidade perde muito ao deixar de capitalizar com a música que ele ajudou a inventar.

aqui

Comentários

There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + dezesseis =

ao topo