O risco e o rigor da ficção

Celebrado como uma das principais atrações da 9ª Festa Literária Internacional de Paraty, o escritor João Ubaldo Ribeiro, cronista do ‘Estado’, reflete aqui sobre sua obra – uma permanente alegoria do País.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo