O SORRISO INDUSTRIAL DA MOTOSSERRA

Jarbas Martins

em memória de Chico Mendes

O sorriso industrial da motosserra
rói o mais leve sonho das esquinas.
Sua manada privada de sem crinas
patina em uma pátria de ócio que os aterra.

De um kit letal soros, vacinas,
de suas unhas vorazes, terra e terra.
O sorriso industrial da motosserra
rói o mais leve sonho das esquinas.

Atenta às leis do vento, instrui e serra
e verga à modo da árvore que assassina.
Em estojos de culpas se encerra
e nas lições do ócio mau que ensina.

O sorriso industrial da motosserra.

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + três =

ao topo