O sucessor da geração Buena Vista

Pianista cubano Roberto Fonseca compara seu trabalho com o universo intenso e espiritual da Santeria e diz que aprender com os mestres foi como tocar o céu.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo