O trilho e o trem

trilho e trem

Ás vezes fico
Entre o trilho e o trem,
Entre o sério
E o desdém;
Entre o que quero
E o que duvido.
Às vezes,
E são tantas as vezes,
O desabrigo aquece,
O que a dor esquece
De lembrar.
E outras tantas vezes
Não vejo o que há
Entre partir e ficar;
Querer e desistir.
Às vezes o vagão
É tão escuro,
Tão negro
Que qualquer luz neon
Pintaria de escuridão
O espaço.
Submergir, fluir, sofrer,
Sorrir, gozar, nada faz
Tanto sentido.
É como jogar-se
Da embarcação em alto-mar
E apenas, como uma pedra,
Submergir e lá ficar.

Comentários

Há 8 comentários para esta postagem
  1. Jarbas Martins 20 de março de 2012 18:43

    Parabéns, querida Ednar. Beijos.

  2. ELIANA CARVALHO 20 de março de 2012 9:51

    GENTE EU AINDA NÃO HAVIA PARADO PARA VER DIREITINHO ESTE SITE…ESPAÇO DIFERENTE E INSPIRADOR.

  3. ELIANA CARVALHO 20 de março de 2012 9:48

    MUITAS VEZES O QUE NOS FAZ SENTIR É O DESEJO DE NÃO ESTAR LÁ QUANDO “O TREM QUE TEIMA EM PASSAR”, TERMINA POR APITAR….FELIZ ANIVERSÁRIO POETISA EDNAR…ADORO SUAS POESIAS!!!

  4. Anchieta Rolim 19 de março de 2012 16:17

    Ednar, lindo e verdadeiro, …Como uma pedra, submergir e lá ficar…Parabéns!

  5. Romana Alves Xavier 19 de março de 2012 8:40

    Lindoooo!!! beijos

  6. Ednar Andrade 18 de março de 2012 14:00

    Queridos, Oreny e Da Mata, às vezes ficamos entre o trilho e o trem,
    entre o sério e o desdém.

    Beijos.

  7. João da Mata 18 de março de 2012 11:52

    sim minha amiga. cuidado que la vem o trem. belas imagens e quedas. muitas vezes é necessário sentir-se à beira do abismo.
    quando em menino la nas Quintas gostava de me equilibar nesses trilhos. ate hoje vivo me equilibrando. achava uma maldade os mata-burros. achava uma maldade a brincadeira do quebra canela dos meninos. nunca pude evitar a existencia dos burros e o medo das brincadeiras de criança. abç. saudades.

  8. Oreny Júnior 18 de março de 2012 11:34

    Ednar, querida,
    descarrilar é necessário,
    abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo