O velho discurso dos velhos de sempre…

Por Renato Rovai

O mantra da vez de uma certa parcela da esquerda conservadora e tradicional é que os jovens que estão nas ruas do mundo inteiro organizando protestos, ocupando praças, derrubando ditaduras e questionando o sistema financeiro estão perdidos. Não têm proposta e não sabem para onde levar seus movimentos.

aqui

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem
  1. Lívio Oliveira 29 de outubro de 2011 16:35

    Tô ficando tão velho…

  2. Marcos Silva 27 de outubro de 2011 11:29

    A oposição velhos/jovens me dá um bruta sono. Deve ser efeito da idade.
    Para afugentar o sono, apelo ao Conselheiro Acácio: os velhos são diferentes uns dos outros, os jovens também.
    Perdão leitores.

  3. Jarbas Martins 26 de outubro de 2011 20:19

    uma bola de cristal confiável é o que posso desejar para os jovens. e profecias de longa duração. falar em profecias, vai este HAI-KAI: um zoo ilógico por dia/ nos sonhos mal decifrados/ de minha tia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo