o velocípede – ninguém imagina

O velocípede do Junior
O irmão junto
ui
Na garupa vai
Uma roda grande outra pequena
é sensacional
Cresci o corpo
Os membros
Pernas
Não casei
Também não deixei
A herança da minha desventura

Físico, poeta e professor [ Ver todos os artigos ]

Comentários

Há 3 comentários para esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − sete =

ao topo