O voo quebrado do Uirapuru

Por Anízia Marques

É com muita indignação que escrevo essa desabafo. Além de extrema falta de consideração com que fui exonerada da Chefia de Núcleo de Dança da Funcarte sem nunca ter tido a oportunidade de apresentar meu relatório de atividades enquanto coordenadora do setor, tenho conhecimento de que até os créditos das minhas coreografias foram confiscados.

aqui

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ao topo