Obrigado

Sérgio Vilar:

Obrigado pelas palavras generosas. Ao menos metade do que falo (talvez mais que isso) foi aprendido em Natal, entre Cine-clube Tirol, o Atheneu, a Livraria Universitária e a Aliança Francesa. É por isso que tenho tanta ligação com a tribo.

Abraços:

Nasci em Natal (1950). Vivo em São Paulo desde 1970. Estudei História e Artes Visuais. Escrevo sobre História (Imprensa, Artes Visuais, Cinema Literatura, Ensino). Traduzo poemas e letras de canções (do inglês e do francês). Publiquei lvros pelas editoras Brasiliense, Marco Zero, Papirus, Paz e Terra, Perspectiva, EDUFRN e EDUFRJ. Canto música popular. Nado e malho [ Ver todos os artigos ]

Go to TOP