Odisséia (dos tempos em que líamos Cortázar)

Por Jarbas Martins

quando eu te encontrei, n., digamos em um maio de chuva, álcoois, textos de paul celan, filmes de orson welles, citações musicais de caetano, não pude sondar o teu mistério; quem sabe, pensei, pudesse irromper-se de vez, da tua garganta, branca como a de uma papisa, a exclamação que me acordasse do tédio e do desconforto. e me levasse para sempre a uma ilha submersa, ou a um porto sepulto como o de ungaretti. depois, o teu marido, a minha má vontade para com as bússolas e os cruzeiros marítimos, a minha primeira mulher não me permitiriam que me visse nos teus olhos, brilhantes como os de palas athena, me smo porque ler homero nunca estivera nos meus planos. vem ,desde esse tempo, o estabelecimento de um rigoroso pacto, que consistia em um jogo de ocultamentos e revelações, como no jogo de esconde-esconde, lembras? e, passados vinte anos, nos leva a supreender-te e a surpreender-me em um hábito, em um gesto, deslocados de uma cor, de um sistema, de uma rotina e, desse modo, vivermos ocultos e fervorosos como dois crentes, incrédulos e fantasiosos como uma fábula circense de fellini; planejamos, então, um itinerário de fuga e deserção, só pelo prazer de sentir, na carne, um sentimento de covardia, a consciência dessa fuga, ,deus sabe para onde; projetos e roteiros meticulosamente calculados, segredados pelo telefone, em um bilhete, à maneira de um poema e ilustrado com desenhos, entregue por baixo de uma mesa de bar; ou proclamados com um simples levantar de sobrancelhas…

Comments

There are 2 comments for this article
  1. Nina Rizzi 12 de Maio de 2010 16:24

    jarbas, sendo bem original, sua prosopoética “me bota comovida como o diabo”. lembrei da minha cidade barroca e, ao final, de trótski e frida kahlo, a trocar cartas de amor, em ingLês, que revelavam por entre os livros…

    aiai…

    beijos.

  2. Jarbas Martins 12 de Maio de 2010 22:24

    aiaiai
    beijoa, nina nin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP